20 de abril de 2018

Buscar a vida eterna

Bom dia tudo bem com vocês, hoje para nossa meditação do evangelho que possamos meditar um trecho de uma meditação do 

O Evangelho é Jo 6,52-59:

Naquele tempo, os judeus discutiam entre si, dizendo: “Como é que ele pode dar a sua carne a comer?” Então Jesus disse: “Em verdade, em verdade vos digo, se não comerdes a carne do Filho do Homem e não beberdes o seu sangue, não tereis a vida em vós. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Porque a minha carne é verdadeira comida e o meu sangue, verdadeira bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele. Como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo por causa do Pai, assim o que me come viverá por causa de mim. Este é o pão que desceu do céu. Não é como aquele que os vossos pais comeram. Eles morreram. Aquele que come este pão viverá para sempre”. Assim falou Jesus, ensinando na sinagoga em Cafarnaum.

Para meditarmos,
Comentário do dia São João-Maria Vianney (1786-1859), presbítero, Cura de Ars  
«Pensamentos escolhidos do santo Cura d'Ars»
(ww.evangelhoquotidiano.org)

O dom de Deus que é a missa

Todas as boas obras do mundo juntas não equivalem ao santo sacrifício da Missa, porque são obras dos homens e a Missa é obra de Deus. Em comparação com ela, o martírio nada é, pois é o sacrifício que o homem faz da sua vida a Deus; ora, a missa é o sacrifício que Deus faz ao homem do seu corpo e do seu sangue. 

À voz do sacerdote, Nosso Senhor desce do céu e encerra-Se numa hóstia. Deus poisa o seu olhar sobre o altar, e diz: «Eis o meu Filho muito amado, em quem pus toda a minha complacência» (Mt 3,17). E nada pode recusar aos méritos da oferenda desta vítima. 

Que belo! Depois da consagração, o nosso Deus está ali, tal como no Céu! [...] Se o homem conhecesse bem este mistério, morreria de amor. Deus poupa-nos por causa da nossa fraqueza. 

Oh!, se tivéssemos fé, se compreendêssemos o preço do santo sacrifício, poríamos bastante mais empenho em assistir a ele!

Fique com Deus
Pe. Daniel

Nenhum comentário:

Postar um comentário