27 de abril de 2018

O Caminho, a Verdade e a Vida

Meus irmãos e irmãs, vamos meditar agora o Evangelho (Jo 14,1-6)

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: “Não se perturbe o vosso coração. Tende fé em Deus, tende fé em mim também. Na casa de meu Pai, há muitas moradas. Se assim não fosse, eu vos teria dito. Vou preparar um lugar para vós, e quando eu tiver ido preparar-vos um lugar, voltarei e vos levarei comigo, a fim de que onde eu estiver estejais também vós. E para onde eu vou, vós conheceis o caminho”. Tomé disse a Jesus: “Senhor, nós não sabemos para onde vais. Como podemos conhecer o caminho?” Jesus respondeu: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim”.

Quero compartilhar com vocês uma meditação do Papa Pio XII (www.evangelhoquotidiano.org)

Cristo, caminho, verdade e vida, é a luz da consciência

A consciência é o núcleo mais íntimo e secreto do homem. É aí que ele se refugia, com as suas faculdades espirituais, numa solidão absoluta: a sós consigo, ou antes, a sós com Deus, cuja voz se faz ouvir à consciência. É aí que ele se determina pelo bem ou pelo mal; é aí que escolhe o caminho da vitória ou o caminho da derrota. Ainda que quisesse, o homem não teria capacidade de apagar esta voz; com ela - quando o aprova e quando o condena - percorre todo o caminho da vida, e será também com ela, testemunho verídico e incorruptível, que se apresentará ao juízo de Deus. 

A consciência é portanto um santuário, no limiar do qual todos devem deter-se; todos, incluindo o pai e a mãe, no caso das crianças. O único que nela penetra é o sacerdote, como mestre de almas; mas, mesmo nesse caso, a consciência continua a ser um santuário ciosamente guardado, cujo segredo o próprio Deus pretende que seja preservado sob o selo do mais sagrado dos silêncios. Em que sentido se pode falar da educação da consciência? O divino Salvador trouxe a sua verdade e a sua graça ao homem ignorante e fraco: a verdade para lhe indicar o caminho que conduz à meta; a graça para lhe conferir a força para lá chegar. Cristo é o caminho, a verdade e a vida, não apenas para todos os homens no seu conjunto, mas para cada um deles.

Fique com Deus
Um bom dia!
Pe. Daniel Bento Bejo

26 de abril de 2018

Enviai-me


Vamos meditar a Palavra de Deus com o Evangelho (Jo 13,16-20)

Depois de lavar os pés dos discípulos, Jesus lhes disse: “Em verdade, em verdade vos digo: o servo não está acima do seu senhor e o mensageiro não é maior que aquele que o enviou. Se sabeis isto, e o puserdes em prática, sereis felizes. Eu não falo de vós todos. Eu conheço aqueles que escolhi, mas é preciso que se realize o que está na Escritura: ‘Aquele que come o meu pão levantou contra mim o calcanhar’. Desde agora vos digo isto, antes de acontecer, a fim de que, quando acontecer, creiais que eu sou. Em verdade, em verdade vos digo, quem recebe aquele que eu enviar, me recebe a mim; e quem me recebe, recebe aquele que me enviou”.

A MINHA MISSÃO, como estou respondendo?

QUEM RECEBE AQUELE QUE EU ENVIAR - E nos perguntamos como tenho recebido a Palavra em minha vida? no meu coração? como verdadeiro alimento para a fé e para a caminhada cristã!

OUVIR A PALAVRA - nos faz e nos torna mais FELIZES!

Um bom dia
Fique com Deus
Pe. Daniel

25 de abril de 2018

S. Marcos, rogai por nós

Estamos celebrando a Festa de S. Marcos, e vamos refletir um pouco seu Evangelho (Mc 16,15-20)

Naquele tempo, Jesus se manifestou aos onze discípulos, e disse-lhes: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura! Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado. Os sinais que acompanharão aqueles que crerem serão estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas; se pegarem em serpentes ou beberem algum veneno mortal não lhes fará mal algum; quando impuserem as mãos sobre os doentes, eles ficarão curados”.
Depois de falar com os discípulos, o Senhor Jesus foi levado ao céu, e sentou-se à direita de Deus. Os discípulos então saíram e pregaram por toda parte. O Senhor os ajudava e confirmava sua palavra por meio dos sinais que a acompanhavam.

Paremos e pensemos na vida daqueles que se dedicam a sua vida a seguir o Mestre, a entregar a sua própria vida para que as pessoas conhecessem Jesus:

DAR A VIDA
ANUNCIAR O EVANGELHO

E nós como vivemos o nosso chamado?

Bom dia 
Pe. Daniel

24 de abril de 2018

Eu e o Pai somos um


Vamos meditar hoje o Evangelho de João 10,22-30:

Celebrava-se, em Jerusalém, a festa da Dedicação do Templo. Era inverno. Jesus passeava pelo Templo, no pórtico de Salomão. Os judeus rodeavam-no e disseram: “Até quando nos deixarás em dúvida? Se tu és o Messias, dize-nos abertamente”.
Jesus respondeu: “Já vo-lo disse, mas vós não acreditais. As obras que eu faço em nome do meu Pai dão testemunho de mim; vós, porém, não acreditais, porque não sois das minhas ovelhas. As minhas ovelhas escutam a minha voz, eu as conheço e elas me seguem. Eu dou-lhes a vida eterna e elas jamais se perderão. E ninguém vai arrancá-las de minha mão. Meu Pai, que me deu estas ovelhas, é maior que todos, e ninguém pode arrebatá-las da mão do Pai. Eu e o Pai somos um”.

Continuamos a figura do Pastor - que dá sua vida, que conhece suas ovelhas e se torna conhecido
Assim, vemos que Jesus dá testemunho do Pai - Eu e o Pai somos um
Quem rejeita ao Filho - rejeita ao Pai

Somos chamado:

BUSCAR VIDA ETERNA 
SER FIÉIS TESTEMUNHAS DO PAI - Testemunhando a nossa fé, a experiência que fizemos de sua Pessoa, da Palavra...

Bom dia e fique com Deus
Pe. Daniel

23 de abril de 2018

Bom Pastor

Vamos refletir um pouco sobre o evangelho de hoje de João 10,1-10

Naquele tempo, disse Jesus: “Em verdade, em verdade vos digo, quem não entra no redil das ovelhas pela porta, mas sobe por outro lugar, é ladrão e assaltante. Quem entra pela porta é o pastor das ovelhas. A esse o porteiro abre, e as ovelhas escutam a sua voz; ele chama as ovelhas pelo nome e as conduz para fora. E, depois de fazer sair todas as que são suas, caminha à sua frente, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz. Mas não seguem um estranho, antes fogem dele, porque não conhecem a voz dos estranhos”.
Jesus contou-lhes esta parábola, mas eles não entenderam o que ele queria dizer. Então Jesus continuou: “Em verdade, em verdade vos digo, eu sou a porta das ovelhas. Todos aqueles que vieram antes de mim são ladrões e assaltantes, mas as ovelhas não os escutaram. Eu sou a porta. Quem entrar por mim, será salvo; entrará e sairá e encontrará pastagem. O ladrão só vem para roubar, matar e destruir. Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância”.

Jesus é bom pastor, mas além do mais é o Pastor das Ovelhas!
Estamos nesta dinâmica desta semana que é considerada a semana que vemos Jesus como o BOM PASTOR, que conduz suas ovelhas a campos verdejantes onde há vida!
Por isso, para conduzir-nos ao Pai e buscarmos a vida em abundância Jesus, ele é a porta por onde as ovelhas devem entrar e fazer uma experiencia com sua Pessoa, ouvir a sua voz, obedecer sua Palavra a caminharmos para uma verdadeira conversão!

Fique com Deus
Pe. Daniel

20 de abril de 2018

Buscar a vida eterna

Bom dia tudo bem com vocês, hoje para nossa meditação do evangelho que possamos meditar um trecho de uma meditação do 

O Evangelho é Jo 6,52-59:

Naquele tempo, os judeus discutiam entre si, dizendo: “Como é que ele pode dar a sua carne a comer?” Então Jesus disse: “Em verdade, em verdade vos digo, se não comerdes a carne do Filho do Homem e não beberdes o seu sangue, não tereis a vida em vós. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Porque a minha carne é verdadeira comida e o meu sangue, verdadeira bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele. Como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo por causa do Pai, assim o que me come viverá por causa de mim. Este é o pão que desceu do céu. Não é como aquele que os vossos pais comeram. Eles morreram. Aquele que come este pão viverá para sempre”. Assim falou Jesus, ensinando na sinagoga em Cafarnaum.

Para meditarmos,
Comentário do dia São João-Maria Vianney (1786-1859), presbítero, Cura de Ars  
«Pensamentos escolhidos do santo Cura d'Ars»
(ww.evangelhoquotidiano.org)

O dom de Deus que é a missa

Todas as boas obras do mundo juntas não equivalem ao santo sacrifício da Missa, porque são obras dos homens e a Missa é obra de Deus. Em comparação com ela, o martírio nada é, pois é o sacrifício que o homem faz da sua vida a Deus; ora, a missa é o sacrifício que Deus faz ao homem do seu corpo e do seu sangue. 

À voz do sacerdote, Nosso Senhor desce do céu e encerra-Se numa hóstia. Deus poisa o seu olhar sobre o altar, e diz: «Eis o meu Filho muito amado, em quem pus toda a minha complacência» (Mt 3,17). E nada pode recusar aos méritos da oferenda desta vítima. 

Que belo! Depois da consagração, o nosso Deus está ali, tal como no Céu! [...] Se o homem conhecesse bem este mistério, morreria de amor. Deus poupa-nos por causa da nossa fraqueza. 

Oh!, se tivéssemos fé, se compreendêssemos o preço do santo sacrifício, poríamos bastante mais empenho em assistir a ele!

Fique com Deus
Pe. Daniel

19 de abril de 2018

Eis aqui o pão que desce do céu

Bom dia! 
Quero que você tire uns 5 minutos para meditar a Palavra de Deus de Jo 6,44-51

Naquele tempo, disse Jesus à multidão: “Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não o atrai. E eu o ressuscitarei no último dia. Está escrito nos Profetas: ‘Todos serão discípulos de Deus’. Ora, todo aquele que escutou o Pai e por ele foi instruído, vem a mim. Não que alguém já tenha visto o Pai. Só aquele que vem de junto de Deus viu o Pai. Em verdade, em verdade vos digo, quem crê possui a vida eterna.
Eu sou o pão da vida. Os vossos pais comeram o maná no deserto e, no entanto, morreram. Eis aqui o pão que desce do céu: quem dele comer, nunca morrerá. Eu sou o pão vivo descido do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão que eu darei é a minha carne dada para a vida do mundo”.

Eu sou Pão da Vida, ainda continuamos neste discurso de Jesus
Na Celebração Eucarística recebemos o Pão da Vida - na Palavra e na Eucaristia
Somos convidados a acolher a Palavra que nos dá a verdadeira Salvação e assim consequentemente nós anunciarmos esta salvação.
Anunciar, pregar a experiência que faço com o Cristo Ressuscitado - anunciar a Vida nova que experimentamos nele

Fique com Deus
Pe. Daniel

18 de abril de 2018

Pão da VIDA

Bom dia!
A Paz a todos!

Vamos tirar um minutinho para ouvirmos a Palavra de Deus de hoje, com o Evangelho de João 6,35-40:

Naquele tempo, disse Jesus à multidão:“Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim nunca mais terá sede. Eu, porém, vos disse que vós me vistes, mas não acreditais. Todos os que o Pai me confia virão a mim, e quando vierem, não os afastarei.
Pois eu desci do céu não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou. E esta é a vontade daquele que me enviou: que eu não perca nenhum daqueles que ele me deu, mas os ressuscite no último dia. Pois esta é a vontade do meu Pai: que toda pessoa que vê o Filho e nele crê tenha a vida eterna. E eu o ressuscitarei no último dia”.

Hoje Jesus se designa como o Pão da Vida e consequentemente de nós pensarmos a nossa - quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim não terá mais sede! O resultado de alimentarmos a cada dia a nossa através da Palavra, Oração, Sagrada Tradição, Sacramentos - nos garante a vida eterna e a ressurreição final.
O SIM da FÉ em Jesus é sim definitivo, doação incondicional de si mesmo a ele.

COMO TENHO ALIMENTADO A FÉ? BUSCAMOS E CREMOS NO CRISTO? 
CRISTO DEVE SER A FONTE AO QUAL SACIO A MINHA FOME E MINHA SEDE!

17 de abril de 2018

Pão do Céu

Bom dia! Vamos recomeçar as nossas postagens novamente do Evangelho do dia! Sentiram falta? Agora vamos começar as nossas meditações!

Estamos na terceira semana do Tempo da Páscoa em que somos convidados a fazer uma experiência com o Senhor Ressuscitado!

Hoje vamos meditar o evangelho de João 6,30-35 

Naquele tempo, a multidão perguntou a Jesus: ”Que sinal realizas, para que possamos ver e crer em ti? Que obras fazes? Nossos pais comeram o maná no deserto, como está na Escritura: ‘Pão do céu deu-lhes a comer’”.
Jesus respondeu: “Em verdade, em verdade vos digo, não foi Moisés quem vos deu o pão que veio do céu. É meu Pai que vos dá o verdadeiro pão do céu. Pois o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo”.
Então pediram: “Senhor, dá-nos sempre desse pão”. Jesus lhes disse: “Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim nunca mais terá sede”.

Busquemos deste pão que nos dá a vida - que transforma - que nos dá força 
Este Pão do Céu é o próprio Cristo que se doa por nós
Jesus deve ser nosso foco, ficar o nosso olhar a Ele para buscar a Felicidade eterna, plena
Ele que nos orienta por meio de sua Palavra - a ouvimos?

Tenha um bom dia, um bom trabalho, um bom estudo!
Fique com Deus
Pe. Daniel