23 de junho de 2017

Coração de Jesus - fonte viva que jorra para a vida eterna

Hoje celebramos a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, rezamos pela Santificação do Clero!

Vamos meditar um texto do Ofício de Leituras desta celebração:

Das Obras de São Boaventura, bispo

Em vós está a fonte da vida

Considera, ó homem redimido, quem é aquele que por tua causa está pregado na cruz, qual a sua dignidade e grandeza. A sua morte dá a vida aos mortos; por sua morte choram o céu e a terra, e fendem-se até as pedras mais duras. Para que, do lado de Cristo morto na cruz, se formasse a Igreja e se cumprisse a Escritura que diz:Olharão para aquele que transpassaram (Jo 19,37), a divina Providência permitiu que um dos soldados lhe abrisse com a lança o sagrado lado, de onde jorraram sangue e água. Este é o preço da nossa salvação. Saído daquela fonte divina, isto é, no íntimo do seu Coração, iria dar aos sacramentos da Igreja o poder de conferir a vida da graça, tornando-se para os que já vivem em Cristo bebida da fonte viva que jorra para a vida eterna (Jo 4,14).
Levanta-te, pois, tu que amas a Cristo, sê como a pomba que faz o seu ninho na borda do rochedo (Jr 48,28), e aí, como o pássaro que encontrou sua morada (cf. Sl 83,4), não cesses de estar vigilante; aí esconde como a andorinha os filhos nascidos do casto amor; aí aproxima teus lábios para beber a água das fontes do Salvador (cf. Is 12,3). Pois esta é a fonte que brota no meio do paraíso e, dividida em quatro rios (cf. Gn 2,10), se derrama nos corações dos fiéis para irrigar e fecundar a terra inteira.
Acorre com vivo desejo a esta fonte de vida e de luz, quem quer que sejas, ó alma consagrada a Deus, e exclama com todas as forças do teu coração:“Ó inefável beleza do Deus altíssimo e puríssimo esplendor da luz eterna, vida que vivifica toda vida, luz que ilumina toda luz e conserva em perpétuo esplendor a multidão dos astros, que desde a primeira aurora resplandecem diante do trono da vossa divindade.  
Ó eterno e inacessível, brilhante e suave manancial daquela fonte oculta aos olhos de todos os mortais! Sois profundidade infinita, altura sem limite, amplidão sem medida, pureza sem mancha!”
De ti procede o rio que vem trazer alegria à cidade de Deus (Sl 45,5), para que entre vozes de júbilo e contentamento (cf. Sl 41,5) possamos cantar hinos de louvor ao vosso nome, sabendo por experiência que em vós está a fonte da vida, e em vossa luz contemplamos a luz (Sl 35,10).

Reze pelo padre da sua paróquia!

Deus lhes abençoe 
Pe. Daniel

22 de junho de 2017

Ensina-nos a rezar!


Vamos meditar a Palavra de Deus?

Mateus 6,7-15:

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: ”Quando orardes, não useis muitas palavras, como fazem os pagãos. Eles pensam que serão ouvidos por força das muitas palavras. Não sejais como eles, pois vosso Pai sabe do que precisais, muito antes que vós o peçais. Vós deveis rezar assim: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como nos céus. O pão nosso de cada dia dá-nos hoje. Perdoa as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal. De fato, se vós perdoardes aos homens as faltas que eles cometeram, vosso Pai que está nos céus também vos perdoará. Mas, se vós não perdoardes aos homens, vosso Pai também não perdoará as faltas que vós cometestes”.

Rezemos juntos:

SENHOR, ME ENSINA A REZAR COMO ENSINASTES OS SEUS DISCÍPULOS A REZAR, NÃO REZAR COM MUITAS PALAVRAS, MAS A ORAÇÃO QUE O SENHOR ENSINOU E AQUELA QUE BROTA DA MINHA VIDA, AMÉM!

Bom dia e fique com Deus
Pe. Daniel

21 de junho de 2017

Oração, Jejum e Esmola: como praticamos?

Bom dia, tudo bem?
Somos convidados a meditar hoje o Evangelho de Mateus 6,1-6.16-18

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: “Ficai atentos para não praticar a vossa justiça na frente dos homens, só para serdes vistos por eles. Caso contrário, não recebereis a recompensa do vosso Pai que está nos céus. Por isso, quando deres esmola, não toques a trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem elogiados pelos homens. Em verdade vos digo: eles já receberam a sua recompensa. Ao contrário, quando deres esmola, que a tua mão esquerda não saiba o que faz a tua mão direita, de modo que, a tua esmola fique oculta. E o teu Pai, que vê o que está oculto, te dará a recompensa. Quando orardes, não sejais como os hipócritas, que gostam de rezar em pé, nas sinagogas e nas esquinas das praças, para serem vistos pelos homens. Em verdade, vos digo: eles já receberam a sua recompensa. Ao contrário, quando tu orares, entra no teu quarto, fecha a porta, e reza ao teu Pai que está oculto. E o teu Pai, que vê o que está escondido, te dará a recompensa. Quando jejuardes, não fiqueis com o rosto triste como os hipócritas. Eles desfiguram o rosto, para que os homens vejam que estão jejuando. Em verdade, vos digo: Eles já receberam a sua recompensa. Tu, porém, quando jejuares, perfuma a cabeça e lava o rosto, para que os homens não vejam que estás jejuando, mas somente teu Pai, que está oculto. E o teu Pai, que vê o que está escondido, te dará a recompensa”.

Somos convidados a renovar a nossa prática da ORAÇÃO, do JEJUM e da ESMOLA.

Realizamos estas práticas para sermos vistos ou para buscarmos a cada dia estarmos mais perto do nosso Deus?
Medite e reze cada uma dessas práticas e pensemos como estamos vivendo em nosso dia-a-dia e em nossa fé!

Fique com Deus
Pe. Daniel

20 de junho de 2017

AMAR e AMAR

Meus amigos, tudo bem?
Vamos meditar a Palavra de Deus com o Evangelho de Mateus 5,43-48

Somos convidados a viver a dimensão mais alta de nossa vida cristã que é o AMOR CRISTÃO.
AMAR - quem nos persegue, calunia, odeia, pois o AMOR que Jesus nos apresenta é AMOR GRATUITO DO PAI.
Amar como Pai nos amou - Experimentamos o AMOR DE DEUS? Este amor de misericórdia, de acolhida é mesmo que devemos ter com todos!

Meditemos: 

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: “Vós ouvistes o que foi dito: ‘Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo!’ Eu, porém, vos digo: ‘Amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem!’ Assim, vos tornareis filhos do vosso Pai que está nos céus, porque ele faz nascer o sol sobre maus e bons, e faz cair a chuva sobre justos e injustos. Porque, se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Os cobradores de impostos não fazem a mesma coisa? E se saudais somente os vossos irmãos, que fazeis de extraordinário? Os pagãos não fazem a mesma coisa? Portanto, sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito”.

Abraços e fique com Deus
Pe. Daniel

19 de junho de 2017

"Dá a quem te pedir e não vires as costas a quem te pede emprestado”

Hoje somos convidados a refletir o Evangelho de Mateus 5,38-42

Somos convidados a não vivermos um espírito de vingança como é lei de talião que ouvimos no começo deste Evangelho "Olho por olho e dente por dente", mas viver na paciência e sempre que alguém pedir algo de nós que possamos estar sempre disponíveis a ajudar, esta é a nossa MISSÃO, se vivemos o contrário como que o Evangelho se faz vida em nossa caminhada?

Meditemos o Evangelho:

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: “Ouvistes o que foi dito: ‘Olho por olho e dente por dente!’ Eu, porém, vos digo: Não enfrenteis quem é malvado! Pelo contrário, se alguém te dá um tapa na face direita, oferece-lhe também a esquerda! Se alguém quiser abrir um processo para tomar a tua túnica, dá-lhe também o manto! Se alguém te forçar a andar um quilômetro, caminha dois com ele! Dá a quem te pedir e não vires as costas a quem te pede emprestado”.

Boa tarde e fique com Deus
Pe. Daniel

16 de junho de 2017

Bom dia!
Hoje somos chamados a refletir o Evangelho de Mateus 5, 27-32:

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: “Ouvistes o que foi dito: ‘Não cometerás adultério’. Eu, porém, vos digo: Todo aquele que olhar para uma mulher, com desejo de possuí-la, já cometeu adultério com ela no seu coração. Se o teu olho direito é para ti ocasião de pecado, arranca-o e joga-o para longe de ti! De fato, é melhor perder um de teus membros, do que todo o teu corpo ser jogado no inferno. Se tua mão direita é para ti ocasião de pecado, corta-a e joga-a para longe de ti! De fato, é melhor perder um dos teus membros, do que todo o teu corpo ir para o inferno.
Foi dito também: ‘Quem se divorciar de sua mulher, dê-lhe uma certidão de divórcio’.Eu, porém, vos digo: Todo aquele que se divorcia de sua mulher, a não ser por motivo de união irregular, faz com que ela se torne adúltera; e quem se casa com a mulher divorciada comete adultério”.


15 de junho de 2017

CORPUS CHRISTI

Hoje celebramos a solenidade de Corpus Christi: CORPO e SANGUE de NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

No dia de hoje quero convidar todos a meditar esta leitura da Liturgia das Horas:

Das Obras de Santo Tomás de Aquino, presbítero

Ó precioso e admirável banquete!

O unigênito Filho de Deus, querendo fazer-nos participantes da sua divindade, assumiu nossa natureza, para que, feito homem, dos homens fizesse deuses.
Assim, tudo quanto assumiu da nossa natureza humana, empregou-o para nossa salvação. Seu corpo, por exemplo, ele o ofereceu a Deus Pai como sacrifício no altar da cruz, para nossa reconciliação; seu sangue, ele o derramou ao mesmo tempo como preço do nosso resgate e purificação de todos os nossos pecados.
Mas, a fim de que permanecesse para sempre entre nós o memorial de tão imenso benefício, ele deixou aos fiéis, sob as aparências do pão e do vinho, o seu corpo como alimento e o seu sangue como bebida. Ó precioso e admirável banquete, fonte de salvação e repleto de toda suavidade! Que há de mais precioso que este banquete? Nele, já não é mais a carne de novilhos e cabritos que nos é dada a comer, como na antiga Lei, mas é o próprio Cristo, verdadeiro Deus, que se nos dá em alimento. Poderia haver algo de mais admirável que este sacramento?
De fato, nenhum outro sacramento é mais salutar do que este; nele os pecados são destruídos, crescem as virtudes e a alma é plenamente saciada de todos os dons espirituais.
É oferecido na Igreja pelos vivos e pelos mortos, para que aproveite a todos o que foi instituído para a salvação de todos.
Ninguém seria capaz de expressar a suavidade deste sacramento; nele se pode saborear a doçura espiritual em sua própria fonte; e torna-se presente a memória daquele imenso e inefável amor que Cristo demonstrou para conosco em sua Paixão.
Enfim, para que a imensidade deste amor ficasse mais profundamente gravada nos corações dos fiéis, Cristo instituiu este sacramento durante a última Ceia, quando, ao celebrar a Páscoa com seus discípulos, estava prestes a passar deste mundo para o Pai. A Eucaristia é o memorial perene da sua Paixão, o cumprimento perfeito das figuras da Antiga Aliança e o maior de todos os milagres que Cristo realizou. É ainda singular conforto que ele deixou para os que se entristecem com sua ausência.

Bom dia!
Deus lhes abençoe
Pe. Daniel

14 de junho de 2017

Ensinar e praticar a BOA NOVA

Vamos dar um tempinho do nosso dia para meditar a Boa Nova, com Mateus 5, 17-19:

Naquele tempo; disse Jesus aos seus discípulos: ”Não penseis que vim abolir a Lei e os Profetas. Não vim para abolir, mas para dar-lhes pleno cumprimento. Em verdade, eu vos digo: antes que o céu e a terra deixem de existir, nem uma só letra ou vírgula serão tiradas da Lei, sem que tudo se cumpra. Portanto, quem desobedecer a um só destes mandamentos, por menor que seja, e ensinar os outros a fazerem o mesmo, será considerado o menor no Reino dos Céus. Porém, quem os praticar e ensinar será considerado grande no Reino dos Céus”.

Jesus não veio para abolir a Lei e os profetas, mas para dar pleno cumprimento!
Como estamos vivendo a Boa Nova, os mandamentos? E também com as ensinamos? Como praticamos e como em nossa missão anunciamos e construímos o Reino de Deus?

Boa meditação e um bom dia
Pe. Daniel

13 de junho de 2017

Sal da terra e Luz do mundo

Bom dia! Vamos meditar o Evangelho de Mateus 5,13-16

VÓS SOIS O SAL TERRA, VÓS SOIS LUZ DO MUNDO

Sal que dá sabor e que purifica
Luz que ilumina, e queremos seguir a Luz que é o Cristo?

Será que em nossa vida vivemos como sal, que salga a vida das pessoas, salga a Fé de tantos que estão no caminho contrário? - SAL que é PALAVRA DE DEUS que somos chamados a levar a todos!
Deixamos a luz só para nós mesmo, escondemos ela? Ou nós iluminamos tantos caminhos escuros que cruzam a nossa vida?

Evangelho de hoje:

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: ”Vós sois o sal da terra. Ora, se o sal se tornar insosso, com que salgaremos? Ele não servirá para mais nada, senão para ser jogado fora e ser pisado pelos homens.
Vós sois a luz do mundo. Não pode ficar escondida uma cidade construída sobre um monte. Ninguém acende uma lâmpada e a coloca debaixo de uma vasilha, mas sim num candeeiro, onde ela brilha para todos os que estão em casa. Assim também brilhe a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e louvem o vosso Pai que está nos céus”.

Bom dia e boa meditação
Pe. Daniel

12 de junho de 2017

Bem-aventurados

Bom dia meus amigos! Tudo bem?
Hoje somos convidados a refletir o Evangelho de Mateus 5,1-12, convidados às bem-aventuranças, as propostas de buscarmos a felicidade, de uma felicidade que vem de Deus
A ALEGRIA é UM DOM DE DEUS - Alegria na consolação, no se fazer pobre, no conquistar corações para Deus, busca de justiça, construir a Paz, ser força viva para a construção do Reino De Deus, ou seja, ALEGRIA para nosso SERVIÇO!
Como vivemos as bem aventuranças? Esta ALEGRIA está presente conosco?

Meditemos o Evangelho:

Naquele tempo, vendo Jesus as multidões, subiu ao monte e sentou-se. Os discípulos aproximaram-se, e Jesus começou a ensiná-los:
“Bem-aventurados os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos Céus. 
Bem-aventurados os aflitos, porque serão consolados.
Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra. 
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.
Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia. 
Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus.
Bem-aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus. 
Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos Céus.
Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem, e, mentindo, disserem todo tipo de mal contra vós, por causa de mim.
Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus. Do mesmo modo perseguiram os profetas que vieram antes de vós.

Abraços e fique com Deus
Pe. Daniel Bento Bejo

2 de junho de 2017

Segue-me

Meus amigos que acompanham nosso site! Vamos meditar a boa nova de hoje com o Evangelho de João 21,15-19 em que Jesus nos pede o seguimento a Ele.
Como o seguimos? Tenho ouvido o chamado dele para segui-lo?
Será que amamos Jesus? Se amamos, O seguimos, estaremos a disposição para tudo aquilo que Ele nos pede!
E aí qual tua resposta!?


Vamos ler, meditar e pensar em nossa caminhada, nossa vida e nossa fé:


Jesus manifestou-se aos seus discípulos e, depois de comerem, perguntou a Simão Pedro: “Simão, filho de João, tu me amas mais do que estes?” Pedro respondeu: “Sim, Senhor, tu sabes que eu te amo”. Jesus disse: “Apascenta os meus cordeiros”.
E disse de novo a Pedro: “Simão, filho de João, tu me amas?” Pedro disse: “Sim, Senhor, tu sabes que eu te amo”. Jesus disse-lhe: “Apascenta as minhas ovelhas”. Pela terceira vez, perguntou a Pedro: “Simão, filho de João, tu me amas?” Pedro ficou triste, porque Jesus perguntou três vezes se ele o amava. Respondeu: “Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo”. Jesus disse-lhe: “Apascenta as minhas ovelhas. Em verdade, em verdade te digo: quando eras jovem, tu te cingias e ias para onde querias. Quando fores velho, estenderás as mãos e outro te cingirá e te levará para onde não queres ir”. Jesus disse isso, significando com que morte Pedro iria glorificar a Deus. E acrescentou: “Segue-me”.

Bom dia e que Deus lhe abençoe
Pe. Daniel

1 de junho de 2017

Oração Sacerdotal - que sejamos UM

meditar um pouco sobre o Evangelho de hoje com João 17,20-26

Naquele tempo, Jesus ergueu os olhos ao céu e rezou, dizendo: “Pai santo, eu não te rogo somente por eles, mas também por aqueles que vão crer em mim pela sua palavra; para que todos sejam um como tu, Pai, estás em mim e eu em ti, e para que eles estejam em nós, a fim de que o mundo creia que tu me enviaste.Eu dei-lhes a glória que tu me deste, para que eles sejam um, como nós somos um: eu neles e tu em mim, para que assim eles cheguem à unidade perfeita e o mundo reconheça que tu me enviaste e os amaste, como me amaste a mim. Pai, aqueles que me deste, quero que estejam comigo onde eu estiver, para que eles contemplem a minha glória, glória que tu me deste porque me amaste antes da fundação do universo. Pai justo, o mundo não te conheceu, mas eu te conheci, e estes também conheceram que tu me enviaste. Eu lhes fiz conhecer o teu nome, e o tornarei conhecido ainda mais, para que o amor com que me amaste esteja neles, e eu mesmo esteja neles”.

Estamos na semana de oração pela unidade dos cristãos, e hoje somos chamados a pensar na UNIDADE - para que sejamos UM

Como vivemos a unidade dentro da comunidade, em nossa família, onde estamos?

Abraços e fique com Deus
Bom dia
Pe. Daniel