26 de julho de 2012

Mt 13,16-17


 

Vamos meditar a Palavra de Deus de hoje com um comentário de Santo Agostinho acerca do evangelho deste dia que é de Mt 13,16-17 retirado do site www.evangelhoquotidiano.org:
Comentário ao Evangelho do dia feito por Santo Agostinho (354-430), bispo de Hipona (Norte de África), doutor da Igreja
Discursos sobre os Salmos, Sl 118, nº 20
 
«Muitos profetas e justos desejaram ver o que estais a ver»
  O profeta diz no Salmo: «Minha alma definha na Tua salvação; espero na Tua palavra» (118,81). [...] Que exprime esse anseio senão «a raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus» (1Pe 2,9), cada um em sua época, em todos aqueles que viveram, que vivem e que viverão, desde o início da humanidade até o fim do mundo? [...] É por isso que o próprio Senhor disse aos Seus discípulos: «Muitos profetas e justos desejaram ver o que estais a ver». É pois a voz deles que deve ser reconhecida neste Salmo. [...] Esse desejo nunca cessou nos santos e não cessa, mesmo agora, no «Corpo de Cristo que é a Igreja» (Col 1,18), até que venha «o Desejado de todas as nações» (Ag 2,8 Vulg). [...]
Os primeiros tempos da Igreja, antes do parto da Virgem, tiveram por conseguinte santos que desejavam a vinda de Cristo na carne; e o tempo em que estamos depois da Sua ascensão tem outros santos que desejam a manifestação de Cristo para julgar os vivos e os mortos. Nunca, desde o início até o fim dos tempos, este desejo da Igreja perdeu o seu ardor, a não ser quando o Senhor viveu na terra na companhia dos Seus discípulos.

Reze hoje pelos avós! Peçam saúde para eles! 
Hoje a Igreja celebra o dia de São Joaquim e Santa Ana, pais de Maria, avós de Jesus.

Fique com Deus
Daniel Bento Bejo

Nenhum comentário:

Postar um comentário