16 de outubro de 2011

"Dar a César o que é de César e a Deus o que é de Deus" (v.21)



Hoje podemos refletir da liturgia do 29º domingo do tempo Comum e o evangelho que vem nos mostrar duas figuras a de César e a de Deus. Evangelho de hoje é de Mateus 22, 15-21

“Daí a César o que é de César e a Deus o que é de Deus” (v.21)

Este evangelho de Mateus, principalmente neste trecho fico explícito o que realmente o que Jesus quer nos dizer sobre dar as coisas que são devidas a Deus, nosso Pai.
Quando Jesus fala de do dar, a palavra em si quer dizer devolver a cada um conforme lhe pertence, por isso de a César o que é dele e não de a César o que não é dele, mas que é dado a Deus que é a Adoração, que é somente a Ele e a nenhum imperador.
Hoje muitas coisas como o dinheiro, o mundo com suas regalias, a realização profissional, o poder pode nos fazer esquecer um pouco de Deus, deixá-lo de lado, fazendo de conta que não existe. Esquecemos no mundo de hoje muito facilmente de Deus, esquecemos da nossa amizade para com Ele, nosso momento diante da Palavra, de rezá-la ou de rezar a vida, de chorar se for preciso... muitas vezes esquecemos e entramos nas angustias ocasionadas pelo pagamento de tributo, pela adoração de algo que não deve ser adorado!
Nos dias de hoje nós cristãos temos que ser bons cidadãos dentro da sociedade, mesmo porque estamos dentro desta sociedade que temos que pagar impostos e outras coisas mais. Agora dar a Deus o que é de Deus, já que o homem é o ser criado sendo imagem e semelhança de Deus por isso temos que prestar culto somente a Ele... Só Deus é o Senhor da nossa vida.
Como será que estamos servindo hoje: Tenho dado a César o que é de César e a Deus o que é de Deus?
Fiquem com Deus
Daniel Bento Bejo

Nenhum comentário:

Postar um comentário