VOCAÇÃO SACERDOTAL

VOCAÇÃO SACERDOTAL

1 de agosto de 2017

Somos Joio ou Trigo?

Meus amigos, bom dia, tudo bem?

Vamos meditar a Boa Nova de hoje no qual somos convidados a pensar sobre o Reino de Deus com a parábola do Joio e do Trigo! O que somos? Assumamos o Reino de Deus e quando nos deixamos abrir para ele, a consequência é a nossa mudança de vida e nosso caminho para buscar salvação!

Somos JOIO? Que em vez de plantar a Boa Nova, planta aquilo que é contrário?

Somos TRIGO? Somos a boa semente, aqueles que pertecem ao Reino, e lançam as sementes do Reino de Deus em todos os lugares?

Evangelho Mt 13,36-43:

Naquele tempo, Jesus deixou as multidões e foi para casa. Seus discípulos aproximaram-se dele e disseram: “Explica-nos a parábola do joio!” Jesus respondeu: “Aquele que semeia a boa semente é o Filho do Homem. O campo é o mundo. A boa semente são os que pertencem ao Reino. O joio são os que pertencem ao Maligno. O inimigo que semeou o joio é o diabo. A colheita é o fim dos tempos. Os ceifadores são os anjos. Como o joio é recolhido e queimado ao fogo, assim também acontecerá no fim dos tempos: O Filho do Homem enviará os seus anjos e eles retirarão do seu Reino todos os que fazem outros pecar e os que praticam o mal; e depois os lançarão na fornalha de fogo. Ali haverá choro e ranger de dentes. Então os justos brilharão como o sol no Reino de seu Pai. Quem tem ouvidos, ouça”.

Abraços e fique com Deus
Uma boa meditação
Pe. Daniel

28 de julho de 2017

Como lançamos as sementes da Boa Nova?

Somos chamados a pensar hoje a parábola do semeador!

Como e onde estamos lançando as sementes da Boa Nova? Devemos estar atentos ao que Deus nos transmite através de sua Palavra a cada dia, para que esta Palavra seja semeada em nosso coração.
Como é o terreno do nosso coração? Pedregoso? Cheio de espinhos? Terra boa?
Diante do terreno do nosso coração que realmente saberemos anunciar a Boa Nova e lançar as verdadeiras sementes da Palavra aonde estivermos, em todos os ambientes que vivemos! 

Meditemos o Evangelho Mt 13,18-23:

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: “Ouvi a parábola do semeador: Todo aquele que ouve a palavra do Reino e não a compreende, vem o Maligno e rouba o que foi semeado em seu coração. Este é o que foi semeado à beira do caminho. A semente que caiu em terreno pedregoso é aquele que ouve a palavra e logo a recebe com alegria; mas ele não tem raiz em si mesmo, é de momento: quando chega o sofrimento ou a perseguição, por causa da palavra, ele desiste logo. A semente que caiu no meio dos espinhos é aquele que ouve a palavra, mas as preocupações do mundo e a ilusão da riqueza sufocam a palavra, e ele não dá fruto. A semente que caiu em boa terra é aquele que ouve a palavra e a compreende. Esse produz fruto. Um dá cem outro sessenta e outro trinta”.

Fique com Deus
Bom dia
Pe. Daniel

27 de julho de 2017

Atentos para ouvir a Palavra de Deus

Bom dia meus amigos! Vamos refletir o Evangelho de hoje com Mateus 13,10-17:

Naquele tempo, os discípulos aproximaram-se e disseram a Jesus: “Por que tu falas ao povo em parábolas?” Jesus respondeu: “Porque a vós foi dado o conhecimento dos mistérios do Reino dos Céus, mas a eles não é dado.
Pois à pessoa que tem, será dado ainda mais, e terá em abundância; mas à pessoa que não tem, será tirado até o pouco que tem. É por isso que eu lhes falo em parábolas: porque olhando, eles não veem, e ouvindo, eles não escutam, nem compreendem.
Deste modo se cumpre neles a profecia de Isaías: ‘Havereis de ouvir, sem nada entender. Havereis de olhar, sem nada ver. Porque o coração deste povo se tornou insensível. Eles ouviram com má vontade e fecharam seus olhos, para não ver com os olhos nem ouvir com os ouvidos, nem compreender com o coração, de modo que se convertam e eu os cure’.
Felizes sois vós, porque vossos olhos veem e vossos ouvidos ouvem. Em verdade vos digo, muitos profetas e justos desejaram ver o que vedes, e não viram, desejaram ouvir o que ouvis, e não ouviram.

Hoje quero te convidar a refletir diante deste evangelho o comentário retirado do site: www.evangelhoquotidiano.org:

São Pedro Crisólogo (c. 406-450), bispo de Ravena, doutor da Igreja 
Sermão 147

Muitos profetas e justos desejaram ver o que vós vedes

Quando viu o mundo transtornado pelo medo, Deus pôs em ação o seu amor para o chamar a Si, a sua graça para o convidar, o seu afeto para o abraçar. Aquando do dilúvio, […] chamou Noé a gerar um mundo novo, encorajou-o com suaves palavras, deu-lhe uma confiança de predileto, instruiu-o com bondade sobre o presente e consolou-o com a sua graça relativamente ao futuro. […] Participou no seu labor e encerrou na arca o germe do mundo inteiro, a fim de que o amor pela sua aliança banisse o medo. […] 
Em seguida, Deus chamou Abraão do meio das nações, elevou o seu nome e fez dele pai dos crentes. Acompanhou-o pelo caminho, protegeu-o no estrangeiro, cumulou-o de riquezas, honrou-o com vitórias, confirmou-o com as suas promessas, arrancou-o às injustiças, consolou-o na sua hospitalidade e maravilhou-o com um nascimento inesperado, a fim de que, atraído pela doçura do amor divino, ele aprendesse a […] adorar a Deus amando-O e já não temendo-O. 
Mais tarde, por meio de um sonho, Deus consolou Jacob, que se encontrava em fuga. No regresso, provocou-o para um combate e, durante a luta, estreitou-o nos seus braços, a fim de que ele amasse o pai dos combates e deixasse de O temer. Depois, chamou Moisés e falou-lhe com amor de pai, para o convidar a libertar o seu povo. 
Em todos estes acontecimentos, a chama da caridade divina abrasou o coração dos homens […] e estes, de alma ferida, começaram a desejar ver a Deus com os olhos da carne. […] O amor não admite não ver aquilo que ama. Não é verdade que todos os santos consideraram pouca coisa tudo quanto obtinham quando não viam a Deus? […] Que ninguém pense, pois, que Deus fez mal em vir ter com os homens por meio de um homem. Ele tomou carne entre nós para ser visto por nós.

Fiquem com Deus e uma boa meditação!
Pe. Daniel

26 de julho de 2017

Como anunciamos? VER, OUVIR e ANUNCIAR

Hoje, vamos tirar um segundo para meditarmos a Palavra de Deus, no Evangelho Mt 13,16-17:

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: “Felizes sois vós, porque vossos olhos veem e vossos ouvidos ouvem. Em verdade vos digo, muitos profetas e justos desejaram ver o que vedes, e não viram, desejaram ouvir o que ouvis, e não ouviram”.

Como anunciamos?

Como cristãos, onde tenho levado a Palavra de Deus - esta Palavra que nos é dada diariamente, somos chamados a aderindo a Boa Nova, aderimos o Cristo para nossa vida, na nossa caminhada e assim cremos n'Ele?
E tendo ouvidos para ouvir Sua Palavra e Sua Voz possa nos trazer a verdadeira conversão e nos capacite para a Missão.

Meditemos!
Fique com Deus
Pe. Daniel

25 de julho de 2017

Colocar-se a serviço

Somos convidados a meditar o Evangelho de hoje celebrando a Festa de São Tiago, maior, um daqueles que caminhou no grupo dos Doze.


O anúncio de Jesus é cheio de esperança: no término de sua missão não está a morte, mas a vida, a vitória.
O Filho de Deus veio para servir e dar a vida por todos nós! E nós como estamos em nosso serviço? Queremos os melhores lugares, mas e a nossa prática dos mandamentos, o nosso serviço ao nosso próximo como realizamos?
Meditemos o evangelho de hoje, coloquemos em oração e também nos coloquemos no exemplo de S. Tiago, que deixarei abaixo um pouco de sua vida, de exemplo para nós!

Evangelho de Mateus 20,20-28

Naquele tempo, a mãe dos filhos de Zebedeu aproximou-se de Jesus com seus filhos e ajoelhou-se com a intenção de fazer um pedido. Jesus perguntou: “O que tu queres?” Ela respondeu: “Manda que estes meus dois filhos se sentem, no teu Reino, um à tua direita e outro à tua esquerda”. Jesus, então, respondeu-lhes: “Não sabeis o que estais pedindo. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber?” Eles responderam: “Podemos”. Então Jesus lhes disse: “De fato, vós bebereis do meu cálice, mas não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. Meu Pai é quem dará esses lugares àqueles para os quais ele os preparou”. Quando os outros dez discípulos ouviram isso, ficaram irritados contra os dois irmãos. Jesus, porém, chamou-os e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações têm poder sobre elas e os grandes as oprimem. Entre vós não deverá ser assim. Quem quiser tornar-se grande, torne-se vosso servidor; quem quiser ser o primeiro, seja vosso servo. Pois, o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate em favor de muitos”.

S. Tiago Maior

São Tiago Maior foi o primeiro dentre os doze apóstolos a derramar o próprio sangue pela causa do Evangelho
Nascido em Betsaida, este apóstolo do Senhor era filho de Zebedeu e de Salomé e irmão do apóstolo João, o Evangelista.
Pescador juntamente com seu irmão João, foi chamado por Jesus a ser discípulo d’Ele. Aceitou o chamado do Mestre e, deixando tudo, seguiu os passos do Senhor.
Dentre os doze apóstolos, São Tiago foi um grande amigo de Nosso Senhor fazendo parte daquele grupo mais íntimo de Jesus (formado por Pedro, Tiago e João) testemunhando, assim, milagres e acontecimentos como a cura da sogra de Pedro, a Transfiguração de Jesus, entre outros.
Procurou viver com fidelidade o seu discipulado. No entanto, foi somente após a vinda do Espírito Santo em Pentecostes que São Tiago correspondeu concretamente aos desígnios de Deus. No livro dos Atos dos Apóstolos, vemos o belo testemunho de São Tiago, o primeiro dentre os doze apóstolos a derramar o próprio sangue pela causa do Evangelho: “Por aquele tempo, o rei Herodes tomou medidas visando maltratar alguns membros da Igreja. Mandou matar à espada Tiago, irmão de João” (At 12,1-2).
Segundo uma tradição, antes de ser martirizado, São Tiago abraçou um carcereiro desejando-lhe “a Paz de Cristo”. Este gesto converteu o carcereiro que, assumindo a fé em Jesus, foi martirizado juntamente com o apóstolo.
Existe ainda outra tradição sobre os lugares em que São Tiago passou, levando a Boa Nova do Reino. Dentre estes lugares, a Espanha onde, a partir do Século IX, teve início a devoção a São Tiago de Compostela.

São Tiago Maior, rogai por nós!

Deus lhe abençoe
Bom dia
Pe. Daniel

24 de julho de 2017

Buscamos um sinal de Deus?

Meus amigos vamos meditar um pouco sobre a Palavra de Deus de hoje com o Evangelho de Mateus 12,38-42


Naquele tempo, alguns mestres da Lei e fariseus disseram a Jesus: “Mestre, queremos ver um sinal realizado por ti”. Jesus respondeu-lhes: “Uma geração má e adúltera busca um sinal, mas nenhum sinal lhe será dado, a não ser o sinal do profeta Jonas.
Com efeito, assim como Jonas esteve três dias e três noites no ventre da baleia, assim também o Filho do Homem estará três dias e três noites no seio da terra. No dia do juízo, os habitantes de Nínive se levantarão contra essa geração e a condenarão, porque se converteram diante da pregação de Jonas. E aqui está quem é maior do que Jonas.
No dia do juízo, a rainha do Sul se levantará contra essa geração, e a condenará, porque veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão. E aqui está quem é maior do que Salomão”.

O que podemos pensar para o nosso dia hoje?

Vemos hoje que os sinais de Deus estão presentes em todos os momentos da nossa vida, desde o nosso acordar até o deitar!
A VIDA que temos é sinal de Deus em nossa vida e será que ainda queremos um sinal d'Ele no dia a dia nosso?

Pensemos!

Fique com Deus!
Pe. Daniel

23 de junho de 2017

Coração de Jesus - fonte viva que jorra para a vida eterna

Hoje celebramos a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, rezamos pela Santificação do Clero!

Vamos meditar um texto do Ofício de Leituras desta celebração:

Das Obras de São Boaventura, bispo

Em vós está a fonte da vida

Considera, ó homem redimido, quem é aquele que por tua causa está pregado na cruz, qual a sua dignidade e grandeza. A sua morte dá a vida aos mortos; por sua morte choram o céu e a terra, e fendem-se até as pedras mais duras. Para que, do lado de Cristo morto na cruz, se formasse a Igreja e se cumprisse a Escritura que diz:Olharão para aquele que transpassaram (Jo 19,37), a divina Providência permitiu que um dos soldados lhe abrisse com a lança o sagrado lado, de onde jorraram sangue e água. Este é o preço da nossa salvação. Saído daquela fonte divina, isto é, no íntimo do seu Coração, iria dar aos sacramentos da Igreja o poder de conferir a vida da graça, tornando-se para os que já vivem em Cristo bebida da fonte viva que jorra para a vida eterna (Jo 4,14).
Levanta-te, pois, tu que amas a Cristo, sê como a pomba que faz o seu ninho na borda do rochedo (Jr 48,28), e aí, como o pássaro que encontrou sua morada (cf. Sl 83,4), não cesses de estar vigilante; aí esconde como a andorinha os filhos nascidos do casto amor; aí aproxima teus lábios para beber a água das fontes do Salvador (cf. Is 12,3). Pois esta é a fonte que brota no meio do paraíso e, dividida em quatro rios (cf. Gn 2,10), se derrama nos corações dos fiéis para irrigar e fecundar a terra inteira.
Acorre com vivo desejo a esta fonte de vida e de luz, quem quer que sejas, ó alma consagrada a Deus, e exclama com todas as forças do teu coração:“Ó inefável beleza do Deus altíssimo e puríssimo esplendor da luz eterna, vida que vivifica toda vida, luz que ilumina toda luz e conserva em perpétuo esplendor a multidão dos astros, que desde a primeira aurora resplandecem diante do trono da vossa divindade.  
Ó eterno e inacessível, brilhante e suave manancial daquela fonte oculta aos olhos de todos os mortais! Sois profundidade infinita, altura sem limite, amplidão sem medida, pureza sem mancha!”
De ti procede o rio que vem trazer alegria à cidade de Deus (Sl 45,5), para que entre vozes de júbilo e contentamento (cf. Sl 41,5) possamos cantar hinos de louvor ao vosso nome, sabendo por experiência que em vós está a fonte da vida, e em vossa luz contemplamos a luz (Sl 35,10).

Reze pelo padre da sua paróquia!

Deus lhes abençoe 
Pe. Daniel

22 de junho de 2017

Ensina-nos a rezar!


Vamos meditar a Palavra de Deus?

Mateus 6,7-15:

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: ”Quando orardes, não useis muitas palavras, como fazem os pagãos. Eles pensam que serão ouvidos por força das muitas palavras. Não sejais como eles, pois vosso Pai sabe do que precisais, muito antes que vós o peçais. Vós deveis rezar assim: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como nos céus. O pão nosso de cada dia dá-nos hoje. Perdoa as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal. De fato, se vós perdoardes aos homens as faltas que eles cometeram, vosso Pai que está nos céus também vos perdoará. Mas, se vós não perdoardes aos homens, vosso Pai também não perdoará as faltas que vós cometestes”.

Rezemos juntos:

SENHOR, ME ENSINA A REZAR COMO ENSINASTES OS SEUS DISCÍPULOS A REZAR, NÃO REZAR COM MUITAS PALAVRAS, MAS A ORAÇÃO QUE O SENHOR ENSINOU E AQUELA QUE BROTA DA MINHA VIDA, AMÉM!

Bom dia e fique com Deus
Pe. Daniel

21 de junho de 2017

Oração, Jejum e Esmola: como praticamos?

Bom dia, tudo bem?
Somos convidados a meditar hoje o Evangelho de Mateus 6,1-6.16-18

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: “Ficai atentos para não praticar a vossa justiça na frente dos homens, só para serdes vistos por eles. Caso contrário, não recebereis a recompensa do vosso Pai que está nos céus. Por isso, quando deres esmola, não toques a trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem elogiados pelos homens. Em verdade vos digo: eles já receberam a sua recompensa. Ao contrário, quando deres esmola, que a tua mão esquerda não saiba o que faz a tua mão direita, de modo que, a tua esmola fique oculta. E o teu Pai, que vê o que está oculto, te dará a recompensa. Quando orardes, não sejais como os hipócritas, que gostam de rezar em pé, nas sinagogas e nas esquinas das praças, para serem vistos pelos homens. Em verdade, vos digo: eles já receberam a sua recompensa. Ao contrário, quando tu orares, entra no teu quarto, fecha a porta, e reza ao teu Pai que está oculto. E o teu Pai, que vê o que está escondido, te dará a recompensa. Quando jejuardes, não fiqueis com o rosto triste como os hipócritas. Eles desfiguram o rosto, para que os homens vejam que estão jejuando. Em verdade, vos digo: Eles já receberam a sua recompensa. Tu, porém, quando jejuares, perfuma a cabeça e lava o rosto, para que os homens não vejam que estás jejuando, mas somente teu Pai, que está oculto. E o teu Pai, que vê o que está escondido, te dará a recompensa”.

Somos convidados a renovar a nossa prática da ORAÇÃO, do JEJUM e da ESMOLA.

Realizamos estas práticas para sermos vistos ou para buscarmos a cada dia estarmos mais perto do nosso Deus?
Medite e reze cada uma dessas práticas e pensemos como estamos vivendo em nosso dia-a-dia e em nossa fé!

Fique com Deus
Pe. Daniel

20 de junho de 2017

AMAR e AMAR

Meus amigos, tudo bem?
Vamos meditar a Palavra de Deus com o Evangelho de Mateus 5,43-48

Somos convidados a viver a dimensão mais alta de nossa vida cristã que é o AMOR CRISTÃO.
AMAR - quem nos persegue, calunia, odeia, pois o AMOR que Jesus nos apresenta é AMOR GRATUITO DO PAI.
Amar como Pai nos amou - Experimentamos o AMOR DE DEUS? Este amor de misericórdia, de acolhida é mesmo que devemos ter com todos!

Meditemos: 

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: “Vós ouvistes o que foi dito: ‘Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo!’ Eu, porém, vos digo: ‘Amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem!’ Assim, vos tornareis filhos do vosso Pai que está nos céus, porque ele faz nascer o sol sobre maus e bons, e faz cair a chuva sobre justos e injustos. Porque, se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Os cobradores de impostos não fazem a mesma coisa? E se saudais somente os vossos irmãos, que fazeis de extraordinário? Os pagãos não fazem a mesma coisa? Portanto, sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito”.

Abraços e fique com Deus
Pe. Daniel

300 anos

300 anos
"A Imagem milagrosa de Nossa Senhora Aparecida foi encontrada no rio Paraíba do Sul no ano de 1717. Portanto, em 2017 o encontro da Imagem completará 300 anos. Em comemoração à data, o Santuário Nacional de Aparecida promove o Jubileu “300 anos de bênçãos”, com uma programação devocional e obras de fé que vão nos preparar para o grandioso tricentenário. Imagens peregrinas estão sendo enviadas a diversas arqui(dioceses) e Missionários Redentoristas levarão a cada capital do país uma imagem fac símile da Padroeira. Durante a peregrinação, serão colhidas porções de terra das capitais brasileiras para compor uma coroa especial para Nossa Senhora Aparecida. Será inaugurado o Campanário do Santuário Nacional com sinos fabricados na Holanda e a grandiosa Cúpula da Basílica que também será inaugurada no Ano Jubilar. O dia 12 de outubro de 2016 marcará a abertura do Ano Jubilar em comemoração aos 300 anos!" Portal a12: www.a12.com